Um sonho de maternidade

O desejo de ser mãe pode ser uma das ideias mais românticas na mente de uma mulher. Sente-se algo quase primitivo, uma ânsia inexplicável de algo que na verdade (no caso de um primeiro filho) não sabemos ainda bem o que é. É um decisão que nasce de forma inconsciente, um sentimento partilhado de querermos materializar o amor que se sente pelo outro e criar uma família como uma extensão desse amor, de certa forma, perpetuando-o.
Olhamos para a nossa cara metade e vemos, mais que tudo o resto, as qualidades que idealizamos num pai, num amigo, num filho.
E assim começa… Namoramos a ideia de uma vida com um novo elemento, com muita curiosidade sobre quem seria e como seria e a ideia fica cada vez mais real. Cresce todos os dias mais um pouco, até que um dia olhamos à nossa volta e já não vemos as coisas da mesma forma.  O horário de trabalho já não é indiferente, o tamanho da casa começa a ser uma preocupação, a proximidade do resto da família é cada vez mais importante e por aí fora seguem outros pensamentos e questões existenciais de como, na prática, conseguiremos proporcionar aos nossos filhos uma vida confortável e equilibrada.
Com essas questões, vem por vezes também algum receio de não estar à altura, de não haver manual de instruções para o trabalho mais importante que alguma vez faremos e, ainda assim, a enorme vontade de querer seguir em frente, pois já entrámos inadvertidamente numa encruzilhada mental em que esse é o único caminho que faz sentido para nós. A própria relação do casal muda, evolui, transforma-se.

A vontade de ter um filho em conjunto é o maior compromisso entre duas pessoas, um que nos faz sentir uma segurança inabalável na pessoa que escolhemos para partilhar a nossa vida. É um sonho que temos porque nos completa e uma decisão que tomamos porque não temos dúvida que nos trará um amor ainda maior ao mundo.

 

Testemunho de Inês Vasconcelos, Lisboa.

 

Obrigado pela sua preferência e por estar ligado à comunidade @malvakids.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *